Mundo de MulherMundo de Mulher  InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 O que devemos fazer em caso de ataque cardiaco?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Xanocas_22

avatar

Libra Idade : 25

MensagemAssunto: O que devemos fazer em caso de ataque cardiaco?   Sab 4 Set 2010 - 9:10

Meninas, deixo aqui algo que todas devemos saber, como ajudar num ataque cardiaco. Sabiam que os bebés, ou fetos podem ter ataques cardiacos ainda na barriga das mães, pois é, eu não sabia, a semana passada vi uma reportagem num canal inglês, e confeço que fiquei muito assustada.. assim resolvi procurar como ajudar em caso de ataque cardiaco..

Muitos de nós não conseguem resistir a uma bola com creme ou a uma
boa dose de batatas fritas, e nem sequer nos lembramos do aspecto do
interior do ginásio. E sim, andamos constantemente stressados com o
nosso trabalho e bem que poderíamos perder 5 quilos. Mas um ataque de
coração? Isso é daquelas coisas que acontecem aos outros – não a si!



Mesmo que o pior aconteça, os médicos podem usar medicamentos para
diminuir os danos no coração ou operar-nos de forma a tratar o
problema, certo? Nem sempre. Até 25% das pessoas que morrem de morte
súbita por problemas cardíacos nunca tiveram sintomas ou avisos prévios
como dores no peito. Não podemos contar apenas com o pensamento de,
“Bem, se tiver um enfarte os médicos estarão lá para me salvar e dar-me
medicamentos,”. Algumas pessoas nem chegam ao hospital. Morrem em casa.
A prevenção tem de começar cedo na vida.

Os enfartes acontecem quando uma ou mais das artérias do coração
estão bloqueadas, reduzindo severamente ou mesmo impedindo o sangue de
alcançar parte do músculo cardíaco. Normalmente são precedidos da
acumulação de depósitos de gordura no interior das artérias ou de
placa, que pode romper, provocando a formação de um coágulo sanguíneo
que pode bloquear a artéria. Quando o fluxo sanguíneo é cortado durante
mais do que alguns minutos, pode ser mortal.



Medidas preventivas
Cardiologistas, médicos,
nutricionistas e outros especialistas dizem que temos o poder de
diminuir o risco de sofrermos de um enfarte.
Em vez de procurar a
mais recente cura instantânea, no entanto, devemos focar os nossos
esforços preventivos naquilo que já foi provado.
Para começar, isso significa uma mudança de hábitos alimentares.
Podemos
começar por ingerir uma colher de sopa de azeite por dia, junto com
salada ou vegetais, e a consumir frequentemente peixe, que tem alto
teor de ácidos gordos ómega-3 e pode ajudar a reduzir o risco de
doenças cardíacas.



Alguns ovos por semana também já não são proibidos. Nem é a carne,
se for carne magra, em porções de 120-170g. O mesmo se passa para os
frutos secos, como as nozes, as amêndoas, os cajus e os amendoins,
desde que não coma embalagens de tamanho familiar em dois dias.

O controlo das quantidades irá contribuir largamente para manter o
seu peso ideal. Uma sugestão é que os casais que comam fora peçam
saladas individuais e que dividam a entrada. Ao cozinhar, não se limite
a deitar meio saco de arroz no tacho — meça-o. Tenha como objectivo
deixar sempre alguma comida no prato.



Se for capaz de deixar algumas garfadas, terá criado uma barreira
entre si e a comida. Ficará saciado na mesma mas não tão completamente
cheio que tenha de desapertar o botão das calças.
Obter consistentemente uma boa noite de sono é outra coisa simples que poderá fazer pelo seu coração.

Estudos recentes demonstram uma conecção entre não obter sono
suficiente e as doenças de coração. Ao privar-se de sono, estará a
desregular o seu relógio biológico, a provocar a produção de adrenalina
e o aumento da pressão sanguínea, um dos principais factores de risco
dos ataques de coração.

É necessário reconhecer que o sono é importante, não um sinal de
fraqueza. Estruture o seu dia de forma a obter horas suficientes de
sono, o que poderá também ajudar a minimizar o stress na sua vida,
outro factor de risco.



Diminua os seus valores
Outra chave para a
prevenção de ataques cardíacos é conhecer os seus valores, incluindo
pressão sanguínea, colesterol e índice de massa corporal.



Factores de risco como a idade (a incidência de doenças coronárias
aumenta com a idade), género (antes dos 50, as doenças coronárias são
mais frequentes nos homens do que nas mulheres, mas o risco das
mulheres aumenta após a menopausa) e a hereditariedade (terá um risco
maior se o seu pai ou irmão sofreu um ataque cardíaco antes dos 55 anos
ou a sua mãe ou irmã sofrera um ataque antes dos 65) não podem ser
alterados. Mas uma vez que conheça os seus valores, pode fazer algo em
relação a eles.





Sinais de aviso de ataque cardíaco

Algumas pessoas que sofrem um ataque cardíaco sentem os sintomas
padrão tipicamente descritos na TV: uma dor súbita e intensa no meio do
peito. Mas a maioria dos ataques de coração começa devagar, com uma
ligeira dor ou desconforto. E muitas pessoas, particularmente as
mulheres, experimentam sintomas fora do normal.



Sintomas comuns:


• Desconforto no peito. A maioria dos ataques cardíacos envolvem
desconforto na região central do peito que dura mais do que alguns
minutos, ou que aparece e desaparece. Poderá parecer uma pressão
desconfortável, um aperto, a sensação de estar cheio ou dor.
• Desconforto
noutras áreas do tronco. Os sintomas poderão incluir dor ou desconforto
em um ou ambos os braços, nas costas, no pescoço, no maxilar ou no
estômago. Isto pode ocorrer com ou sem qualquer tipo de pressão ou
desconforto no peito.
• Falta de ar. Esta sensação aparece muitas vezes associada ao desconforto a nível do peito. Mas poderá ocorrer sem ela.

Outros sinais:


• Suores frios
• Náuseas
• Sensação de tontura
• Dor irritante a nível do abdómen
• Fadiga



Lembre-se, nem todos estes sintomas ocorrem num ataque. Por vezes
desaparecem e aparecem. Se ocorrerem alguns destes sintomas, obtenha
ajuda rapidamente.


O meu Blog -- Visitem! Post novos!
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://lojadecorbijuteria.blogspot.com/
Elsa Marina

avatar

Câncer Idade : 33

MensagemAssunto: Re: O que devemos fazer em caso de ataque cardiaco?   Sab 4 Set 2010 - 15:48

Obrigada por esta partilha querida! é sempre bom estarmos infirmadas sobre essas coisas! [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Leonor 21 de Abril de 2009 anos de puro eterno amor[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Xanocas_22

avatar

Libra Idade : 25

MensagemAssunto: Re: O que devemos fazer em caso de ataque cardiaco?   Dom 5 Set 2010 - 10:23

De nada elsinha, todas nos deviamos saber um pouco disto..


O meu Blog -- Visitem! Post novos!
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://lojadecorbijuteria.blogspot.com/
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O que devemos fazer em caso de ataque cardiaco?   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O que devemos fazer em caso de ataque cardiaco?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Bispo Edir Macedo: Orações não resolvem todos os problemas, devemos fazer sacrifícios para acabar com maldições
» Areas muito ressecadas e partes oleosas. O que fazer?
» Grupo CCb verdade quer fazer um mutirão, para esclarecimento dos escândalos do Brás,está convocando pessoas que defendam a causa de esclarecimentos sobre o que se passa nos bastidores ccb Brás!!!!!!!!
» Big chop: Fazer ou não fazer, eis a questão.
» Saudação com a Santa Paz de Deus ou santa paz do Senhor - quando e em que momento devemos negar??

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo De Mulher :: Categoria Saúde & Beleza :: Espaço Saúde :: Saúde-
Ir para: